17 novembro 2006

"EFEITO ATATURK" EM CAMPO MAIOR

O amigo João Moutinho perguntava-me, com alguma ironia, diga-se: Então não há mais Ataturk’s. Dei-lhe uma resposta de acordo com a pergunta mas, pensando melhor, talvez possa dizer-se mais alguma coisa sobre o assunto. Não propriamente sobre o jovem turco, mas sobre uma outra ridicularia, essa bem mais próxima de nós: os grandes portugueses.
A RTP está neste momento a cumprir a “nobre” tarefa de seleccionar os 10 mais famosos portugueses de onde sairá o maior cá do burgo. Confesso que não assisti a nenhum dos programas – penso que teria sido mais do que um – onde se tratou desse tema mas imagino também que não terei perdido grande coisa. O formato não é novo, nem é nosso, foi importado. Noutros países, também aqui mais “adiantados” que nós, já apuraram os dez mais, estando por isso em condições de, a qualquer momento, fazerem soar as trombetas. Por cá dizem-me que para Janeiro – de 5007, espero. Dei uma olhadela à página do programa e verifiquei que os organizadores não terão levado em linha de conta o efeito Ataturk. Se o tivessem feito estaria entre o Manoel de Oliveira, cineasta e o Manuel dos Santos, toureiro, o empresário – ou direi antes o filantropo – Manuel Rui Azinhais Nabeiro. Se os empregados, os amigos da pesca, os afilhados, os amigos da caça, os compadres, os amigos da sueca e pelo menos sete oitavos de Campo Maior se dispuseram a telefonar para votar no benfeitor, o Manuel Rui será eleito ao arrepio de todas as perscrutações, tão só porque a RTP, na sua soberba, não se dignou beber dos ensinamentos deste blog, desconhecendo, por isso, o que, em situações como esta, o efeito Ataturk pode fazer.

Bom, acontecerá o mesmo que noutros países, por exemplo nos Estados Unidos da América. Sabem por acaso quem é a 6.ª personalidade mais importante da história desse grande país? Nem mais: George W. Bush.

5 comentários:

Tozé Franco disse...

Aina não vi nenhum programa desses. De qualquer maneira há um blogue engraçado: http://piorportugues.blogspot.com
Um abraço.

Professorinha disse...

Venho agradecer pela passagem no meu blog e pelo comentário. Felizmente não foi necessário chamar a polícia, o caso ficou mesmo só pelas palavras... O aluno acha que ameaçando mete medo a alguém...

Quanto ao melhor português achei por bem votar em... mim hehehehe

Acho que o conceito está bom, mas a forma como foi lançado o 'concurso' não está bem. Deveria haver nomes em quem votar...

Tozé Franco disse...

Caro Carlos Ponte:
Vinha pedir-lhe autorização para usar o seu texto "Efeito Atatürk" numa aula de Formação Cívica. É possível?
Um abraço.

Teresa David disse...

Embora não tenha percebido o que é o efeito ataturk, uma coisa percebi e me arrepia, pois também já foi ao site da RTP, é pensar quem irão achar o maior português, pq me cheira que neste País onde a cultura geral é o futebol, será ou o José Mourinho ou o bronco do Cristiano Ronaldo, que cada palavra é um pontapé..não na bola mas na gramática!
Bjs
TD

Anónimo disse...

Jetzt kann ich an der Diskussion nicht teilnehmen - es gibt keine freie Zeit. Sehr werde ich bald die Meinung unbedingt aussprechen. levitra rezeptfrei cialis rezeptfrei [url=http//t7-isis.org]cialis ohne rezept[/url]