12 novembro 2008

OVAÇÃO [1]

Ontem, em Fafe, os alunos do Secundário presentearam a ministra da educação – ou o seu automóvel, para sermos mais precisos – com uma monumental chuva de ovos, que só não tomou ainda maiores proporções porque, chamada a intervir, a GNR confiscou uma parte considerável das munições. “Foi a única maneira de nos fazermos ouvir!”, diriam os adolescentes. Pouco tempo depois, o primeiro-ministro, naquela sua vozinha de cana rachada, afivelando a costumeira expressão de quem acaba de assistir à lapidação de uma virgem, bufa por cima do ombro para os jornalistas que não conseguem acompanhar a sua passada atlética: “Lamentável, absolutamente lamentável!” À parte a opinião de cada um, acerca do sucedido, há duas notas a reter de todo este imbróglio. A primeira é que, analisando com rigor o comportamento da ministra, somos levados a concluir que, pelo menos em parte, os alunos têm razão: por meios civilizados a ministra não ouve ninguém. Já a segunda é de molde a descansar os nossos espíritos inquietos: a geração que aí vem continua interventiva. À noite, ligo a televisão e um peralta com uns ridículos óculozinhos de aros grená pedia desculpa à ministra pelo sucedido. De repente ainda pensei que era um dos mariolas que tinha atacado a senhora e agora demonstrava o seu arrependimento, mas não, era tão-somente o presidente da câmara reprovando com veemência a atitude dos seus munícipes e lamentando a sua pouca sorte: tinha posto o maior dos empenhos naquela visita da governante, tinha posto uns óculos à Sarah Palin e uma gravatinha de seda a condizer e, de repente, vê uma camada de energúmenos a rapinarem-lhe esse gosto. “Esta atitude envergonha-me” diria.
Tenha cuidado senhor presidente. Olhe que os imberbes já votarão nas próximas eleições e na hora de votar pode ser que se lembrem do que acaba de dizer.

2 comentários:

Marinho disse...

Sem mais comentários.
Muito bem.

citadinokane disse...

Carlos,
Existem os medíocres, e Deus nos livre deles!!!
Se ajudar tenho mais dois ovos aqui para os imbecis...
abs