01 maio 2009

SAUDADES DE MAIO


Não há pachorra! Depois admiram-se quando as sondagens ameaçam com dezasseis por cento de tontos que ainda contam ir votar. Com a má fama de que goza a classe política, ainda somos obrigados a levar com gente sem qualquer criatividade a entrar-nos pelas portas adentro sempre que ligamos a televisão. Então admite-se que depois de levar umas pauladas, quando todos estávamos à espera de uma resposta proporcional por parte do ofendido, este apenas diga e repita: “. - Marinha Grande! Marinha Grande!”.
Não sei – e não tenho especial interesse em saber, diga-se – quem escolhe o pessoal para estas coisas mas, seja lá quem for, deveria preocupar-se um pouco mais em arranjar malta mais inventiva. Marinha Grande! Qualquer publicitário de meia tigela sabe que isso já não vende.

2 comentários:

as-nunes disse...

Viva Carlos Ponte
Quando o meu amigo entra no blogue tem sido sempre pela certa. É tiro e queda.
Tem toda a razão. Já não há pachorra!
O que é que estes tipos querem?
Que andemos a fazer véneas e engolir sapos vivos ao mesmo tempo?
É como diz. Não se augura nada de bom para as próximas eleições. Vão-se contar pelos dedos os votantes.
Um abraço
António

mvieiram disse...

É bem verdade, eu já estou anestesiado e nem lhes sinto o "cheiro"...
Um abraço e continua a controlar
Manel V.M.